O ministério do Meio Ambiente lançou hoje (11) em Rio Grande (RS) a primeira escola de educação ambiental portuária do país. Segundo o secretário-executivo, Cláudio Langone – que representou a minista Marina Silva, impedida de viajar ao estado por motivos de saúde,- a escola deverá se constituir em referência nacional e internacional no ensino de práticas corretas para combater o desperdício e tratar o lixo, por exemplo.

De acordo com a assessoria de imprensa do ministério, a escola deve capacitar os funcionários do porto, escolas e comunidades que se relacionem com as atividades portuárias. O projeto é realizado em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Fundação Universidade de Rio Grande (FURG), administração do porto e prefeitura municipal.