O cinema brasileiro terá novo mecanismo de mercado para o desenvolvimento de empresas nacionais nas áreas de distribuição e exibição de filmes produzidos no país. A informação foi dada hoje pelo secretário executivo do Ministério da Cultura, Juca Ferreira, durante o lançamento do projeto Circuito Brasil de Cinema, no Centro Cultural do Banco do Brasil, no centro do Rio.

O ministério vai propor nos próximos dias, segundo Ferreira, a modificação da Medida Provisória que regulamenta o cinema no Brasil, inclusive na área de distribuição. “A medida tem o sentido geral de proteger o mercado brasileiro”, acrescentou.

De acordo com o secretário, no próximo dia 13 o ministro Gilberto Gil anunciará uma série de programas na área de fomento e incentivo ao cinema brasileiro, incluindo a transformação da Ancine (Agência Nacional de Cinema) em Ancinave, uma nova agência com atuação mais abrangente.