O Brasil não vai levar para a Alemanha apenas futebol. Alimentos típicos como café, carne, soja, suco de laranja e alguns tipos de frutas também serão apresentados durante a Copa do Mundo. Desde o último final de semana, o Ministério da Agricultura promove nas cidades dos jogos seminários e informativos sobre os produtos brasileiros.

A campanha só termina em julho. Ela inclui a instalação de outdoors e a publicação de anúncios em revistas locais. O secretário-adjunto de Relações Internacionais de Agronegócio, Lino Colsera, diz que o objetivo da mobilização é divulgar para o mundo a imagem do Brasil como exportador de produtos agrícolas.

"Nós somos bons produtores, mas não nos preocupamos com a comercialização e o que precisamos é criar uma imagem de que o produto brasileiro está espalhado pelo mundo afora", explica. "Na Alemanha mesmo o nosso café é muito comercializado e a maior parte dos alemães nem sabe que está tomando o café brasileiro e é isso que precisamos construir."

Segundo Colsera, a expectativa é a de que os alemães e os turistas de todo o mundo que vão acompanhar os jogos tenham a oportunidade de conhecer um pouco mais da qualidade e diversidade do que é produzido no campo brasileiro. A previsão é que cerca de 100 mil pessoas circulem por dia pelas ruas de Berlim, Munique e Frankfurt, onde ocorrem as partidas de futebol.