Em meio ao alvoroço no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, o volante Mineiro revelou que pretende seguir no São Paulo após a disputa da Copa do Mundo da Alemanha. Ele embarcou para Weggis, Suíça, nesta tarde, onde está o restante da delegação da seleção brasileira

"Essa nova situação não muda nada. Minha vontade de permanecer no clube ainda é muito grande", disse o jogador que foi chamado para a vaga de Edmílson, cortado por causa de uma ruptura parcial no menisco do joelho direito. "Não tenho nada assinado, a ética e a confiança quanto a isso (renovação) é muito grande", completou

Com as declarações, o autor do gol na conquista do Mundial da Fifa deixa a torcida são-paulina mais sossegada, uma vez que João Paulo de Jesus Lopes, diretor de futebol do clube, havia dito na quarta-feira que as negociações para a renovação do contrato estavam paralisadas

O vínculo de Mineiro com o clube do Morumbi se encerra no 31 de dezembro. O problema é que, depois de julho, o volante de 30 anos poderá negociar livremente com qualquer outra equipe. Ele foi sondado pelo francês Olympique de Marselha

Fã de Ronaldinho Gaúcho

Momentos antes de pegar o avião, Mineiro disse que o seu filho Juan Pablo, de 4 anos, é um grande fã do craque Ronaldinho Gaúcho, eleito o melhor jogador do mundo nas duas últimas temporadas

"Meu filho está muito feliz, mas sem entender o que está acontecendo, Ele é fã incondicional do Ronaldinho Gaúcho e me perguntou se vamos jogar juntos. Disse que iria estar ao lado de Ronaldinho na medida do possível", comentou o jogador, sem querer desapontar o garoto, uma vez que será reservas da seleção

Após ter ficado de fora da lista inicial divulgada por Carlos Alberto Parreira no dia 15 de maio, Mineiro já havia programado as suas férias com a família em Porto Alegre durante a paralisação do Campeonato Brasileiro.