Um protesto do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Porto Alegre causa transtornos no trânsito na manhã desta segunda-feira (23). Em Caxias do Sul algumas linhas de ônibus estão sendo impedidas de saírem às ruas. Em Canoas, trabalhadores fecharam a rodovia Tabaí-Canoas, trancando o acesso à Avenida Guilherme Shell.

Também há uma grande movimentação de sindicalistas na rodovia BR-116, em Sapucaia do Sul. O sindicato espera a participação de pelo menos 3 mil trabalhadores. A manifestação é contra a Emenda 3, que está sendo analisada novamente no Congresso. A alteração foi aprovada, mas acabou sendo vetada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Apesar disso, o veto presidencial pode ser derrubado.

A Emenda 3 é uma reedição da alteração do artigo 618 da CLT. Segundo comunicado dos sindicalistas, já na época do então presidente Fernando Henrique Cardoso, o governo e os patrões tentaram prejudicar os trabalhadores, modificando o artigo. Hoje diz o sindicato, também estão querendo retirar os direitos dos empregados. Para a entidade, a nova legislação obrigaria os trabalhadores a se tornarem pessoa jurídica e a emitir nota fiscal.

As informações são da Rádio Gaúcha