Brasília – Dos 1.646 empreendimentos previstos Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mais da metade está com andamento adequado, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira (7) no Palácio do Planalto. Segundo o governo, 52,5% das obras estão com cronograma em dia e com seus ?riscos administrados?.

Já outros 39,1% das ações merecem atenção do governo, o que significa que podem estar com algum atraso ou apresentar ?risco potencial?. Outros 8,4% das obras são classificadas como preocupante, porque estão com significativo atraso no cronograma e com elevado risco.

Mas, segundo a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, isso não significa que essas obras são inviáveis. Apenas merecem, segundo ela, um acompanhamento mais próximo.