O dólar caiu pelo terceiro dia e fechou hoje no menor valor desde o dia 28 de janeiro passado, com investidores otimistas quanto às perspectivas de ingresso de recursos externos nos países emergentes, após o discurso do presidente do Fed (Federal Reserve, o banco central americano), Alan Greenspan, no Congresso.

A moeda dos EUA teve uma queda de 0,48%, vendida a R$ 2,907, cotação mínima do dia. O discurso de Greenspan também estimulou a Bolsa de São Paulo, que subiu ontem 4,63%, fechando novamente acima dos 23 mil pontos (23.197) e movimento financeiro de R$ 1,439 bilhão. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)