Nesta terça-feira, 3 de outubro, 12 restaurantes do Mercado Municipal de Curitiba estarão recebendo o Manual de Boas Práticas, do Programa Alimentos Seguros (PAS). A solenidade da entrega dos manuais ocorrerá no Senac às 8h30, e contará com a presença do presidente do Sistema Fecomércio Paraná, Darci Piana, do Secretário Municipal do Abastecimento, Norberto Ortigueira, do Diretor da Secretaria Municipal do Abastecimento, Luiz Dâmaso Gusi e do gerente do Mercado Municipal, José Carlos Fernandes.

Para Gusi, esta ação é um projeto piloto e uma nova fase irá abranger a implantação das ferramentas do PAS nas mercearias, peixarias, hortifrutis e açougues do Mercado Municipal. "Temos como objetivo informar, treinar e implementar as práticas de segurança alimentar e, até o final de 2007, estar com todas as lojas do mercado municipal atestadas com o PAS".

Programa Alimentos Seguros

Luana de Assis, consultora técnica nacional do PAS, explica que o Programa Alimentos Seguros evita a contaminação dos alimentos, desde o seu plantio até a mesa do consumidor. "É imprescindível que, em todas as etapas de produção dos alimentos, sejam utilizadas ferramentas que controlem os perigos que possam prejudicar a saúde do consumidor". Essas ferramentas são as Boas Práticas e o Sistema APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle). A higiene do local e os procedimentos utilizados para a segurança alimentar são exigidos pelas Resoluções 216 e 275 da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O Senac trabalha com o PAS nos setores Mesa e Distribuição, envolvendo estabelecimentos como restaurantes, hotéis, bares, padarias, lanchonetes, mercados, açougues, hortifrutis, etc.

Para Luiz Gusi, o grande fiscal do PAS são os consumidores. "As ações não podem se limitar apenas na implantação das ferramentas do programa, é necessário posicionar o consumidor, mostrar os benefícios e a maneira de identificar se o ponto comercial implantou as boas práticas de manipulação de alimentos".