O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio vai tomar posse na próxima terça-feira (1º) como ministro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Marco Aurélio foi eleito ontem pelo plenário do STF, por maioria de votos, para ocupar a vaga aberta com a saída do ministro Sepúlveda Pertence.

Marco Aurélio já atua na Corte como ministro substituto desde agosto de 2003. O plenário do TSE é formado por sete ministros, sendo três do Supremo Tribunal Federal (Carlos Velloso, presidente; Gilmar Mendes, vice-presidente; e, agora, Marco Aurélio), dois do Superior Tribunal de Justiça (Peçanha Martins, corregedor-geral eleitoral, e Gomes de Barros), e dois juristas (Luiz Carlos Madeira e Caputo Bastos).