Hoje em dia, é raro encontrar uma casa onde são servidos pães e bolos saídos diretamente do forno. Com a vida atribulada que todo mundo tem, o máximo que se oferece saindo do forno são pães de queijo comprados congelados – que aliás são até bem bons. Mas, há poucas gerações, todas as donas de casa tinham suas especialidades nessa área. Aqui mesmo, na nossa página, foram publicadas em 2000 algumas receitas de um caderno que ganhei de presente, herança da mãe de uma simpática leitora. Nele, a maioria das receitas era de doces, bolos e pãezinhos.

Essa introdução não é apenas um exercício de saudosismo. O que pretendo hoje é incentivar vocês a dar a mesma alegria em casa que suas avós, com algumas receitas bem mais fáceis que a maioria imagina.

A palavra inglesa muffin designa um tipo de bolo assado em forminhas redondas, um pouco maior que as de empada e que, geralmente, não são feitos em fôrmas isoladas e sim em assadeiras com 12 fôrmas. Mas quem não tiver assadeira como essa pode usar outra de qualquer tipo, como as formas para pudins e mesmo as de mãe benta (quem ainda se lembra?). Vocês só terão que adaptar os tempos de cozimento. E vamos às receitas!

Comecei a lista de receitas com uma brincadeira, chamando um bolo salgado de muffin de salmão defumado e brie, apenas pelo uso das fôrmas desses bolinhos. E deu muito certo. Depois de provar, vocês podem adaptar a receita, usando outros ingredientes para substituir tanto o salmão defumado como o brie.

O de limão tem uma ótima apresentação e deve ser servido como a maioria das vedetes televisivas (ou seja, mostrando o fundo, onde fica a rodela de limão).

Para terminar, uma dica: em receitas de tortas, bolos e assados em geral que devem esfriar, sempre recomendo que se coloque a massa sobre uma grade. A razão é simples. Se você tira uma fôrma do forno e põe diretamente numa bancada, a parte em contato com a bancada demora bem mais para esfriar que o resto, em contato com o ar em volta. O que compromete o resultado. Ao colocar sobre uma grade, assentada na bancada, o ar circulará em volta de toda a fôrma. Deu pra entender?

Muffins de salmão defumado e queijo brie

Ingredientes: 6 ovos; de 150 a 170 gramas de salmão defumado; 100 gramas de queijo brie; 1 colher (de sobremesa) de aneto (também conhecido como endro ou dill); 25 miligramas de alcaparras escorridas; pimenta-do-reino branca que baste; óleo para untar fôrma

Pique bem o salmão defumado. De preferência, use as aparas da sobra de outra preparação. Pique bem o queijo brie. Pique bem o aneto. Passe as alcaparras em água fria e pique-as. Bata os ovos com o garfo, como se faz para omelete.

Misture todos os ingredientes numa vasilha, inclusive a pimenta-do-reino. Como o salmão defumado e as alcaparras são salgados, não será necessário acrescentar sal. Para se certificar, pingue um pouco da mistura numa frigideira quente antiaderente e prove. Corrija o sal.

Unte com óleo oito forminhas para os muffins. Coloque, em cada uma delas, sete mililitros da mistura de salmão – o que deverá praticamente encher a forminha – e cubra-as com uma folha de papel-alumínio. Leve-as para assar em forno preaquecido, entre 190 graus e 200 graus centígrados, durante dez minutos.

Para servir como entradinha, distribua em oito pratos e sirva os muffins com o acompanhamento de minissalada de sua escolha. No caso de servir como prato principal, ponha dois muffins em cada prato, acompanhados com batatinhas com manteiga e cebolinha verde, além de vagens (ervilhas) com sementes de gergelim.

Nota: Fiz uma brincadeira com a palavra muffins, muito popular nos EUA e que geralmente são feitos à base de farinha e ovos, e assados em forminhas próprias.

Rendimento: oito entradas ou quatro pratos principais.

Muffins de limão com fatias de limão

Ingredientes: 3 limões, de preferência não muito verdes; 125 miligramas de açúcar; 90 gramas (cerca de 6 colheres das de sopa) de manteiga sem sal; 450 miligramas de farinha de trigo; 2 colheres (de chá) de fermento em pó; 1/2 colher (de chá) de bicarbonato de sódio; 2/3 de colher (de chá) de sal; 2 ovos; 259 mililitros de leite integral

Preaqueça o forno em 200 graus centígrados. Unte as 12 forminhas para muffins.

Raspe a casca de dois limões em tirinhas finas, sem a parte branca. De preferência, use um ralador ou um zesteur (instrumento próprio para retirar raspas finas de casca de limão). Numa panelinha, misture essas tirinhas com uma colher (de sopa) de água e metade do açúcar. Leve ao fogo médio e mexa até o açúcar se dissolver, o que demora de dois a três minutos. Junte a manteiga e mexa até que derreta, por mais um minuto. Reserve.

Com uma faca bem afiada, retire o restante da casca dos limões e a parte branca. Corte os limões em rodelas finas, na horizontal, com pouco mais que meio centímetro de espessura. Elimine as sementes. Serão necessárias 12 rodelas. No fundo de cada fôrma untada, ponha uma colher (de chá) de açúcar e assente uma rodela de limão.

Numa vasilha pequena, misture bem a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal. Em outra vasilha maior, misture os ovos, o leite e a mistura reservada de casca de limão e manteiga. Bata um pouco até espumar. Acrescente a mistura de farinha e bata, para incorporar bem. Distribua essa massa entre as 12 fôrmas, sem enchê-las completamente. Leve-as ao forno para assar de 15 a 20 minutos, até que um palito espetado na massa saia limpo. Retire do forno, vire as formas de cabeça para baixo para esfriar, de preferência sobre uma grade. Depois de uns cinco minutos, as fôrmas deverão se soltar facilmente. Se a massa resistir em se soltar da fôrma, ajude com uma faquinha. Sirva morno, com a parte da rodela de limão para cima.