Internado desde quarta-feira passada no Sanatório Güemes, no bairro portenho de Palermo, Diego Armando Maradona já está impaciente.

O ex-jogador argentino já pretende ir embora. Segundo o diretor do hospital, Héctor Pezzella, o ídolo, que está internado por causa de um quadro de hepatite tóxica aguda, sempre que acorda pergunta se pode ir embora.

No entanto, Pezzella descartou que Maradona esteja mostrando um comportamento rebelde. Segundo ele, o ex-astro "está mais participativo e compreensivo de que ficar internado é o melhor para sua saúde".

O médico pessoal de Maradona, Alfredo Cahe, desmentiu que o ex-jogador não aceite terapia psicológica. "Ele não quer uma terapia tradicional, de divã. A terapia é feita à sua maneira. A gente já tentou com a natureza, pastores, a religião. Mas, Maradona tem uma personalidade especial.