Cerca de 100 pessoas se concentraram em frente ao Supremo Tribunal Federal protestando contra o aumento dos salários dos parlamentares. Policiais militares fizeram um cordão de isolamento para evitar que eles entrem no plenário. Seguranças do Supremo fecharam as portas do tribunal para impedir uma eventual invasão.

Os manifestantes já deixaram o local, mas antes picharam de vermelho a palavra "Justiça", na rampa de acesso ao Supremo em protesto contra o aumento salarial de 90,7% para os parlamentares. Os manifestantes, que iniciaram o protesto na Esplanada dos Ministérios, já voltaram à Esplanada.