O ex-prefeito Paulo Maluf (PP)refutou, nesta terça-feira, em nota, as acusações feitas contra ele e o filho dele Flávio Maluf.

Paulo Maluf afirmou ter sido vítima de tentativa de extorsão do doleiro Vivaldo Alves, mais conhecido como "Birigüi".

Segundo o comunicado, "antes de depor na Polícia Federal (02/08/2005), contra Paulo Maluf, o doleiro criminoso tentou extorquir dinheiro de Maluf e de familiares do ex-prefeito, com a ameaça de mentir contra Paulo Maluf, quando fosse fazer o seu depoimento, subornado com a promessa da delação premiada, pelo delegado Protógenes Queiroz".

No texto, a assessoria do ex-prefeito de São Paulo Maluf ainda informa que o advogado dele, José Roberto Leal, comunicou por escrito à Justiça Federal, em julho, a tentativa de extorsão da qual teria sido vítima.