Foto por: Valery Hache

O lateral Maicon, autor do primeiro gol do Brasil na vitória de 2-1 sobre a Coreia do Norte e escolhido pela Fifa o melhor jogador na partida de estreia da seleção na Copa do Mundo da África do Sul, quebrou um jejum dos laterais direitos do país, que não balançavam as redes em um Mundial desde 1986.

¨Minha meta foi entrar no jogo e ajudar a seleção, e não de fazer gol. Acabou acontecendo, estou muito feliz, mas muito mais feliz pela vitória da seleção brasileira¨, declarou o camisa 2 da seleção de Dunga.

Um lateral direito da seleção não fazia gol em Copas desde o Mundial do México-1986, quando Josimar marcou dois.

¨Acho que começar vencendo era importante e a gente conseguiu isso. Agora é continuar nessa caminhada para alcançar nosso objetivo¨, completou.

O jogador da Inter de Milão, que ao abrir o placar chorou e beijou a aliança para homenagear a esposa, também comentou que a tão criticada bola da Copa, a Jabulani, é favorável para quem chuta, como no caso dele, que mesmo sem ângulo conseguiu bater com efeito e superar o goleiro norte-coreano.

Depois da vitória apertada na estreia, o Brasil volta a campo no domingo contra a Costa do Marfim, pela segunda rodada do Grupo G da Copa.