A mãe-de-santo Areoniltes da Conceição Chagas, convidada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para integrar a comitiva que vai acompanhar o funeral do Papa João Paulo II, não conseguiu embarcar no avião presidencial.

Lula e a comitiva embarcaram no início da manhã, na Base Aérea de Brasília, para Roma, onde acompanharão o enterro do pontífice na Basílica de São Pedro, no Vaticano. De acordo com o Palácio do Planalto, a mãe-de-santo não irá participar da cerimônia pois não há condições de chegar a tempo. O Papa João Paulo II será sepultado amanhã (8) por volta das 10 horas (cinco horas da manhã no horário do Brasil).

A representação brasileira é composta por 15 convidados, entre eles os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e José Sarney e os presidentes da Câmara, Severino Cavalcanti (PP-PE), do Senado, Renan Calheiros (PMDB ? AL), e do Supremo Tribunal Federal (STJ), Nelson Jobim. Também fazem parte da comitiva o rabino Henry Sobel, líder da Comunidade Judaica de São Paulo, o pastor evangélico Rolf Schunemann, o xeque Armando Russen Saleh, da Mesquita do Brasil, Dom Odilo Scherer, secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom João Aviz, arcebispo de Brasília, e o padre José Ernani.

O avião da Presidência da República fez uma escala em Recife e a previsão é de que chegará à capital italiana às 23h30 (horário local). Da Itália, Lula segue para viagem de quatro dias a cinco países africanos ? Camarões, Nigéria, Gana, Guiné-Bissau e Senegal. É a quarta vez que o presidente visita a África desde que tomou posse.

Enquanto Lula estiver fora, até o próximo dia 14, o vice-presidente José Alencar assume a presidência do país.