O anúncio de cerveja chamou a atenção, mas não da forma como pretendia a fabricante americana Pabst Blue Ribbon. Trinta e cinco pessoas foram retiradas de um hotel em Plymouth por volta das 12h30 da segunda-feira quando um barman chamou a polícia por suspeitar que uma luz vermelha cintilante fosse uma bomba

Os hóspedes puderam retornar a seus quartos menos de uma hora depois, quando um policial determinou que a luz cintilante fazia parte do anúncio da cerveja no restaurante Sam Snead do Swan Lake Resort, no Estado americano de Indiana. Doug Leedke, gerente do hotel estabelecido na cidade de Plymouth, qualificou o incidente como "um sinal dos tempos". "Nosso funcionário notou algo fora do comum e fez o que julgou necessário", disse ele