Vanderlei Luxemburgo decidiu abandonar o Palmeiras e deverá ser anunciado nas próximas horas como o novo treinador do Cruzeiro.

São Paulo – Vanderlei Luxemburgo decidiu abandonar o Palmeiras e deverá ser anunciado nas próximas horas como o novo treinador do Cruzeiro. O técnico nem deve dirigir a equipe Alviverde na partida contra o próprio Cruzeiro, nesta quarta-feira, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Paulo César Gusmão vai comandar o time até que a diretoria palmeirense contrate o substituto. Dois nomes estão sendo cogitados: Nelson Baptista e Giba (ex-Jundiaí).

Segundo informações extra-oficiais, Luxemburgo vai receber R$ 150 mil por mês, quase 50% a mais do que recebia no Palmeiras. O contrato com o clube mineiro terá duração de 18 meses e não prevê multa por rescisão. Na tarde desta terça-feira, o técnico deverá se encontrar com a diretoria do Palmeiras apenas para comunicar oficialmente a sua decisão.

A saída de Luxemburgo representa um certo alívio para os dirigentes do Palmeiras, que já estavam descontentes com o trabalho do técnico. Sob seu comando, o time foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil, pelo modestíssimo ASA, de Arapiraca (AL) e na Copa dos Campeões acabou eliminado pelo Paysandu. Neste primeiro semestre, o time disputou e perdeu ainda o Supercampeonato Paulista e o Torneio Rio-SP.

Luxemburgo deixa o Palmeiras

Vanderlei Luxemburgo decidiu abandonar o Palmeiras e deverá ser anunciado nas próximas horas como o novo treinador do Cruzeiro.

São Paulo – Vanderlei Luxemburgo decidiu abandonar o Palmeiras e deverá ser anunciado nas próximas horas como o novo treinador do Cruzeiro. O técnico nem deve dirigir a equipe Alviverde na partida contra o próprio Cruzeiro, nesta quarta-feira, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Paulo César Gusmão vai comandar o time até que a diretoria palmeirense contrate o substituto. Dois nomes estão sendo cogitados: Nelson Baptista e Giba (ex-Jundiaí).

Segundo informações extra-oficiais, Luxemburgo vai receber R$ 150 mil por mês, quase 50% a mais do que recebia no Palmeiras. O contrato com o clube mineiro terá duração de 18 meses e não prevê multa por rescisão. Na tarde desta terça-feira, o técnico deverá se encontrar com a diretoria do Palmeiras apenas para comunicar oficialmente a sua decisão.

A saída de Luxemburgo representa um certo alívio para os dirigentes do Palmeiras, que já estavam descontentes com o trabalho do técnico. Sob seu comando, o time foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil, pelo modestíssimo ASA, de Arapiraca (AL) e na Copa dos Campeões acabou eliminado pelo Paysandu. Neste primeiro semestre, o time disputou e perdeu ainda o Supercampeonato Paulista e o Torneio Rio-SP.