O presidente Luiz Inácio Lula da Silva orientou a equipe econômica a “seguir em frente” informou, hoje, o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, ao comentar o encontro que teve ontem, acompanhado por sua equipe, com presidente Lula no Palácio do Planalto. “Ele nos orientou a seguir em frente nas mesmas bases com as quais a gente tem trabalhado até este momento”, disse Palocci.

Segundo Palocci, o encontro serviu para analisar vários aspectos da economia, dentre eles os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e estatística (IBGE) sobre como a evolução da produção industrial, da massa salarial e do emprego. Também foram discutidos os números do superávit em conta corrente (um dos principais indicadores das contas externas brasileiras).

“Os números mostram uma reversão de déficits, que se acumularam nos últimos dez anos – para um resultado positivo de 0,8% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano passado e, no primeiro semestre (deste ano), já temos um superávit de 1,6% do PIB – e o que isso representa para a estabilidade do país”, revelou Palocci, acrescentando que também se tratou do perfil da dívida pública e de “ajustes nas questões tributárias”.

O ministro informou também que neste ano a equipe ganhou espaço para tratar da redução de impostos. “Não uma redução generalizada, mas que seja focada em questões importantes da economia, como a poupança de longo prazo e os investimentos”, afirmou.