O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ainda na reunião do conselho de Desenvolvimento Econômico Social (CDES) que punirá todos os culpados.

"Pode ser meu amigo, dentro ou fora do PT. Se cometer algum desvio de conduta, da mesma maneira que convidei para o governo, convido para sair". Lula disse que os integrantes do conselho não se arrependerão de ter depositado confiança no presidente e na equipe de governo.

E encerrou seu discurso de cerca de uma hora e foi aplaudido de pé pela maioria dos integrantes do CDES. A reunião do conselho foi iniciada pouco depois das nove horas mas o presidente chegou ao encontro às 11h30. O discurso de Lula foi precedido pela fala de quatro outros integrantes do Conselho que manifestaram apoio mas cobraram uma atitude imediata do presidente.