O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje, em Piracicaba (SP), que o Brasil está aprendendo a gostar de si. Citou como exemplo a Seleção Brasileira de Vôlei, que conquistou o ouro olímpico em Atenas, na Grécia. Segundo Lula, no pódio a seleção deu uma demonstração de “auto-estima à flor da pele”, não só cantando o hino nacional, mas também durante as comemorações abraçando a bandeira nacional.

“Isto significa auto-estima à flor da pele. Isto significa que se um povo não acredita nos seus valores, se um povo não acredita no seu país, tudo mais será mais complicado e mais difícil”, disse o presidente.

Lula, que participou das comemorações dos 50 anos de atividades da empresa Caterpillar na cidade de Piracicaba, afirmou que estava feliz na visita à fábrica, principalmente pelo sorriso que via estampado em cada funcionário. O presidente lembrou que não tem nada nesse mundo que possa dignificar o ser humano do que o trabalho. Lula disse que o que viu “na cara de cada trabalhador foi a alegria de estar trabalhando num país que por muitos anos o trabalho esteve como um produto raro”.

“Nada dá mais sentido de cidadania ao ser humano do que o de trabalhar e no final do mês com o resultado do seu trabalho sustentar a sua família”, destacou.

Ao falar da recuperação da economia, o presidente disse que entre primeiro de janeiro e primeiro de julho deste ano foi criado no Brasil, 1.236.174 novos postos de trabalhos. “As coisas estão acontecendo, tal como todos nós desejamos que aconteça”, ressaltou Lula.

Os 50 anos das atividades da Caterpillar no Brasil, segundo o presidente Lula, ?de forma exemplar tem contribuído muito para o crescimento do país?.

O presidente revelou que tem ouvido um grande número de elogios de empresários nacionais e estrangeiros sobre a qualidade e a dedicação do trabalhador brasileiro. “A Caterpillar é um exemplo concreto que motiva esses elogios”, acrescentou Lula.