Antonio Cruz – ABr
Lula discursa na cerimônia comemorativa
à milionésima conta aberta na CEF.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que o Brasil está diante de um cenário “totalmente inovador” para 2004. Segundo ele, trata-se de uma combinação inédita na história econômica do país: política monetária de juros declinantes e sem retrocesso; ambiente de estabilidade de preços; avanço sustentável do comércio exterior e uma estratégia de massificação e expansão do crédito popular.

O horizonte internacional, segundo Lula, também é favorável. “Já não se trata apenas de uma convergência fortuita. Trabalhamos metodicamente para isso. Que diga o nosso companheiro Palocci. Se não fosse a paciência de um médico, que trata de um doente em estado grave, e tem que tratar com carinho, talvez a gente não estivesse aqui agora festejando a tranqüilidade que estamos festejando”, disse.

O presidente lembrou que, para chegar ao cenário atual, foram necessárias medidas duras e “sacrifícios” em 2003. Mais uma vez, ele comparou o país a um time de futebol. “Isso é como um time que estava com medo de perder o jogo. Fez um gol, fez dois e agora o técnico pode dizer vamos para o ataque porque dá para fazer mais e talvez até golear o adversário”, afirmou.