Depois de votar na Escola Estadual João Firmino Correia de Araújo, às 10h10, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou  que a discussão assegura a democracia: "É um momento muito especial para o Brasil, porque a eleição vem consolidar o nosso processo democrático".

Lula, candidato à reeleição pela coligação A Força do Povo (PT/PRB/PCdoB), acrescentou que "o povo brasileiro tem consciência do que está fazendo hoje, com muita maturidade". E disse esperar que o povo brasileiro "coloque na urna o seu desejo, o seu sonho e a sua força, para que se possa consolidar as mudanças que o Brasil precisa adotar".

O presidente demorou 40 segundos na cabina de votação.