O presidente da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) afirmou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve decidir na próxima semana o seu substituto. Wilson deixará o cargo até o final do mês, como prevê a legislação, para poder disputar as próximas eleições. Carlos Wilson deu as informações à Agência Brasil ao sair da reunião do conselho administrativo da Infraero, no Ministério da Defesa.

"Isso [a indicação] vai ficar para que o presidente Lula, na próxima semana, possa definir tanto o nome da Presidência da Infraero como também discutir com o presidente [em exercício] José Alencar quem deve ser o substituto dele no Ministério da Defesa", afirmou. O presidente em exercício e ministro da Defesa, José Alencar, ainda não anunciou oficialmente a intenção de ser candidato.

De acordo com Carlos Wilson, como haverá mudança na direção da Infraero, a reunião de trabalho deste mês com o ministro da Defesa também teve a participação dos integrantes do Conselho Fiscal da empresa. Um dos temas tratados, segundo Wilson, foi a reestruturação da Varig. "Foi apresentado um plano de recuperação por parte da Varig, cujo ponto principal é o afastamento da Fundação Rubem Berta do poder de decisão daquilo que vai acontecer com a Varig", informou.

Wilson disse que até o final do mês deverá ser realizada uma nova reunião do Conselho Administrativo, antes dele deixar o cargo.