O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assina decreto estabelecendo a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos em solenidade, às 10 horas, no Palácio do Planalto. Na ocasião, será criado um grupo de trabalho para elaborar um programa específico sobre o assunto.

A iniciativa do governo visa garantir à população acesso seguro e uso correto de plantas medicinais e de remédios fitoterápicos. Também busca promover a utilização sustentável da biodiversidade brasileira e o desenvolvimento da cadeia produtiva e da indústria no setor.

Nove ministérios estão envolvidos na implementação das medidas (Saúde; Casa Civil; Meio Ambiente; Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Desenvolvimento Agrário; Integração Nacional; Ciência e Tecnologia; Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; e Desenvolvimento Social e Combate à Fome).

Nesta quinta-feira (22), o presidente só tem compromissos no período da manhã. Às 9 horas, portanto antes da assinatura do decreto, ele recebe o governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto. Depois, reúne-se com os ministros da Secretaria de Relações Institucionais, Tarso Genro (11 horas), e do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo (12 horas).