O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anuncia a criação do Pólo de Poliéster do Nordeste, às 15h30, em cerimônia na Sala de Audiências, do Palácio do Planalto. O ministro da Saúde, participa da solenidade.

Formado por três empreendimentos industriais a serem implantados pelo Gruppo Mossi & Ghisolfi (M&G) e a Petrobras, o pólo terá uma fábrica de embalagens PET, com capacidade de produção de 450 mil toneladas/ano, uma unidade de produção do ácido teraftálico purificado, matéria-prima utilizada na produção do poliéster, e uma fábrica de paraxileno, matéria-prima para produção do PTA. As duas primeiras unidades serão construídas na região do Complexo Industrial Portuário de Suape, em Ipojuca (PE). Principal investidor do pólo, o grupo italiano M&G é controlador da Rhodia-Ster, que tem uma fábrica de fios de poliéster em Cabo de Santo Agostinho, região metropolitana do Recife.

Às 10hs, o presidente coordena reunião para discutir questões referentes ao orçamento, no Palácio do Planalto. Às 11h30, em um outro encontro, Lula tratará do sistema penitenciário com ministros e assessores. No fim da tarde, às 17h, ainda no Planalto, participa de uma reunião sobre ferrovias. Antes, o presidente receberá em audiência o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.