Os líderes dos partidos na Câmara fecharam um acordo para recomendar às bancadas que votem, na eleição da mesa diretora, nos candidatos oficiais indicados pelos partidos. Segundo o líder do Partido da República, Luciano Castro (RR), a decisão foi unânime mas não inclui a eleição para a presidência da Casa, que é um caso à parte.

A informação do acordo foi dada pela assessoria de imprensa da liderança do PMDB e pelo líder do Partido Verde, deputado Marcelo Ortiz. Ortiz informou que as lideranças se comprometeram a não se manifestar em plenário para evitar tumulto e acelerar o processo. "Somente os candidatos vão se manifestar.