O governador de São Paulo, Cláudio Lembo (PFL), não acredita que o Primeiro Comando da Capital (PCC) tenha ligação com partidos políticos. Ele atribuiu a existência das facções ao próprio sistema. "É uma tragédia urbana, própria do sistema, que foi muito desintegrador das pessoas e surgem as facções criminosas", disse o governador.

Ele fez a declaração ao visitar hoje o Parque Horto Florestal. Durante a passagem pelo local, Lembo foi chamado de canto pela diretora do parque, Ana Lúcia Arromba. Ela cobrou do governador paulista urgência nas obras de desassoreamento da principal lagoa do parque – são três -, um investimento estimado em R$ 600 mil.

Segundo Ana, a estação de flotação já passa por tratamento, mas uma obra é complementar à outra. O projeto foi desenvolvido pelo Departamento de Águas e Esgoto do Estado de São Paulo (DAE) e, a princípio, custaria R$ 1,2 milhão. Mas uma análise feita pela Cetesb mostrou que no lodo da lagoa não há metais pesados e ele pode ser usado em áreas de recuperação do próprio parque. Um dos processos mais caros no desassoreamento era o transporte do lodo. O governador disse que vai intervir. "Vou transferir a verba para que a obra seja feita".

Celebridade – Num fim de semana tranqüilo, Lembo mostrou que se tornou uma celebridade em seus quatro meses e 21 dias no comando do Estado. De crianças a idosos estenderam as mãos ao governador do mais rico Estado do País. Ao circular pelo parque, Lembo teve de parar por diversas vezes para atender aos pedidos de "fãs" em busca de uma foto. Não se recusou nenhuma vez. "Fico contente com isso, porque tem ainda gente que acredita em mim, é importante", disse o governador.

Segundo Lembo, o reconhecimento começou dois meses depois de ter assumido o cargo, em abril. "Nunca tive um gesto que não fosse de carinho da população". O homem que conta os dias para deixar o poder voltará a dar aulas em 2007 e falou que sentirá a "nostalgia" nos momentos bons e positivos, como o do final de semana que passou, visitando palácios, o Museu de Arte Sacra e o parque.