Brasília – Deputados e representantes do Ministério da Educação lançaram nesta quarta-feira (27) a Frente Parlamentar em Defesa das Universidades Federais, Estaduais e Municipais, que tem como finalidade compartilhar o sistema de ensino de todas as universidades públicas.

O secretário de Educação Superior do ministério, Ronaldo Mota, esclareceu que o ensino superior não trata apenas das universidades federais, mas também das estaduais e municipais: ?Além disso, esse sistema pode levar educação de qualidade para lugares mais pobres e promover inclusão social, enfrentando desigualdades regionais?.

A frente pretende colocar em discussão a reforma universitária. De acordo com o deputado Waldir Maranhão (PP-MA), que preside a frente, é ?visível? a necessidade de novos recursos para o ensino superior, mas a iniciativa tem outras funções: "Vamos debater o acesso dos alunos, a permanência deles até o fim do curso, a qualidade do ensino e a infra-estrutura, e também investir na carreira dos professores?.

Maranhão disse que o próximo passo para colocar as propostas em prática é estabelecer um calendário que defina datas para um debate entre os parlamentares da frente e reitores das universidades, governadores e secretários de Educação.