Uma parceria entre o Departamento Estadual de Trânsito do Paraná (Detran-PR) e o Poder Judiciário deve agilizar o cumprimento de decisões judiciais no que diz respeito ao bloqueio e liberação de veículos. O processo, que antes levava de quatro a cinco dias, deverá ser concluído em apenas cinco minutos, a partir do acesso on-line. O novo sistema já estará funcionando a partir de segunda-feira, a princípio apenas nas 27 Varas de Curitiba. Hoje, os serventuários do judiciário receberão instruções de como operar o novo sistema. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)