A juíza da 76ª Zona Eleitoral de Campos, Denise Appolinária, revogou hoje o
efeito suspensivo que tornava a governadora do Rio, Rosinha Matheus, e o
secretário de Governo e Coordenação e presidente do PMDB no estado, Anthony
Garotinho, elegíveis até o julgamento do processo pelo Tribunal Regional
Eleitoral (TRE). A informação foi divulgada pelo Palácio Guanabara, sede do
governo fluminense.

Ao revogar o efeito suspensivo concedido ontem, a
juíza Denise Appolinária manteve inelegíveis a governadora Rosinha Matheus e o
secretário de Governo e Coordenação, até decisão do TRE. Ainda hoje, a juíza
deve se manifestar sobre sua nova decisão.

A governadora e o secretário
de Governo e Coordenação tiveram os direitos políticos cassados por três anos,
em sentença da juíza Denise Appolinária, anunciada na semana passada. O casal
Garotinho foi setenciado por crime eleitoral de abuso de poder político e
econômico na campanha do candidato do PMDB, Geraldo Pudim, à prefeitura de
Campos, no ano passado.