A jovem Priscila Aprígio da Silva, de 13 anos, vítima de uma bala perdida de tiroteio na quarta-feira após um assalto ao Banco Itaú na Avenida Ibirapuera, na capital paulista, poderá deixar o hospital até o fim de semana.

Boletim divulgado hoje pelo Hospital Alvorada informa também que o quadro de paraplegia (paraplegia crural motoro sensitiva) da garota permanece inalterado. A nota é assinada pelo diretor clínico do hospital, Guilherme Monteiro.