O jogo do Brasil na Copa da Alemanha vai mexer com o transporte coletivo e com o trânsito de Curitiba nesta terça-feira (13), o que exigirá esforço concentrado das diretorias de transporte e de trânsito (Diretran) da Urbanização de Curitiba S/A (Urbs).

A Diretran estará mobilizada antes e depois do jogo. Segundo o diretor Gilberto Foltran, o horário de pico do final da tarde deve ocorrer, excepcionalmente, por volta das 15h. Neste horário será necessário mexer no tempo dos semáforos para melhorar a fluidez de veículos nas ruas mais movimentadas. Agentes da Diretran ficarão nos locais mais críticos.

O mesmo vai acontecer com o transporte coletivo. O reforço que acontece em todas as linhas de ônibus por volta das 18h será antecipado para as 15h. Os passageiros que saírem mais cedo do trabalho vão perceber que o intervalo entre os ônibus vai diminuir bastante antes do jogo.

As ações fazem parte da "Operação Copa", da Prefeitura de Curitiba, que organizará a cidade nos dias em que a seleção brasileira entrar em campo. A Secretaria Municipal de Defesa Social e a Guarda Municipal darão apoio à Polícia Militar na segurança pública, especialmente nos terminais de ônibus e estações-tubo.

No começo do torneio, quando a mobilização dos torcedores ainda é pequena, as equipes da Diretran vão fazer orientação preventiva do trânsito e atendimento a emergências. Nas oitavas, semi-finais e quartas-de-final, o trabalho ficará mais intenso. Na final, a Diretran vai trabalhar em parceria com o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) para o possível fechamento de ruas como a avenida do Batel e avenida Manoel Ribas – prováveis locais de comemoração dos torcedores.