Christophe Simon/AFP

Os jogadores da seleção alemã, que venceu neste domingo a inglesa por 4-1, nas oitavas de final da Copa do Mundo, ressaltaram que “tudo é possível” quando o assunto é Mundial e prometeram evitar o famoso “já ganhou”.

“Agora tudo é possível, embora o caminho ainda seja duro (nas quartas) contra uma equipe de grande nível (Argentina). Mas isso não importa. Se quisermos chegar à final, teremos que vencer qualquer um”, afirmou Thomas Müller, do Bayern de Munique, que marcou dois contra os alemães.

“Mostramos que temos qualidade na defesa e que nossos atacantes são perigosos. Sentimos que essa equipe tem confiança em si e no técnico e que joga de corpo e alma”, destacou o defensor Per Mertesacker.

O bom jogo dos alemães diante do English Team impressionou Klose, atacante que abriu o placar neste domingo. “Eu sempre disse que tínhamos uma grande equipe, tão capaz de atacar como de defender. Nessa partida, fiquei impressionado com o nível que mostramos. Desde o primeiro minuto estivemos bem, agressivos”, elogiou o jogador de origem polonesa, Podolski, autor do segundo gol.

Podolski ressaltou a importancia de ficar de cabeça fria. “A Alemanha tem que ficar concentrada, tranquila depois dessa vitória, que é merecisa”. “Contra a Austrália fizemos quatro gols, jogamos muito bem; na partida seguinte, contra a Sérvia, perdemos por 1-0”.

Assim como o jogador do Colônia, o capitão da seleção alemã, o zagueiro Philipp Lahm, pede calma e que os jogadores não entrem no clima de “já ganhou” com a classificação para as quartas de final.

“Não vamos comemorar, porque a Copa ainda não terminou. Esta seleção mostrou do que é capaz, jogou bem no ataque e segurou bem na defesa”.

O meio Bastian Schweinsteiger vai no mesmo caminho: “Somos uma boa equipe, de muita qualidade, e podemos olhar para as quartas”.

A seleção alemã vai pegar a Argentina, que fez 3-1 no México, no dia 3 de julho, no Green Point da Cidade do Cabo.