Até as três horas da tarde deste domingo, 2.153 urnas eletrônicas foram trocadas em todo o Brasil, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  Isso representa 0,60% do total das 361.431 urnas em atividade.

O maior número de substituições foi em São Paulo, com 642 urnas trocadas. Em segundo lugar está  o estado do Rio de Janeiro, com 224, depois Minas Gerais, com 171. Rio Grande do Sul está em quarto lugar, com 138 substituições e, em quinto, vem Pernambuco, com 110.   De acordo com a assessoria de imprensa do TSE, no exterior, nenhuma urna foi trocada até o momento.

Já houve votação manual em 48 seções, sendo que, só em São Paulo, houve 15 e em Sergipe, 4.

O TSE esclarece ainda que os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) podem utilizar apenas uma urna para atender várias seções. Essa é a razão porque as 380.945 seções estão usando apenas 361.431 urnas.