A inflação medida pelo Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) voltou a dar sinais de desaceleração ao fechar o mês de fevereiro com variação de 0,30%, resultado 0,9 ponto percentual inferior aos 0,39% relativos ao IGP-M de janeiro. Os dados disponibilizados no site da Fundação Getúlio Vargas, responsável pela pesquisa, indicam que a nova queda de preços entre um mês e outro (em janeiro a alta já havia sido menor do que a verificada em dezembro do ano passado) foi puxada pelos preços no varejo e na construção civil, uma vez que no atacado a variação em fevereiro foi a mesma que a de dezembro.

Os dados indicam que os preços medidos pelo Índice de Preços no Atacado (IPA), com peso de 60% na formação do IGP-M, variaram este mês 0,20%, mesmo índice de janeiro. No varejo, os preços medidos pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), com peso de 30%, recuaram 0,29 ponto percentual em relação a janeiro, ao fechar em 0,51%. Já o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC) fechou em 0,42% – recuando 0,28 ponto percentual em relação a janeiro.