De janeiro a agosto, o índice oficial de inflação usado pelo governo federal teve sua menor alta desde 1998. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve alta de 3,59% nos oito primeiro meses do ano. O resultado só é maior que o do mesmo período de 1998, quando o IPCA teve alta de 1,65%.

Eulina Nunes dos Santos, gerente do Sistema de Índices de Preços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), acredita que a taxa deve se manter no mesmo patamar em setembro. A princípio, segundo ela, o único impacto deve ser o reajuste da tarifa de água e esgoto em São Paulo.

A pesquisa mede os preços que atingem famílias que ganham entre R$ 300 a R$ 12 mi, em nove regiões metropolitanas, além das cidades de Goiânia e Brasília.