O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) de maio, que registrou queda de
0,22% foi o menor resultado nesse tipo de indicador desde julho de 2003, quando
o IGP-M teve taxa negativa de 0,42%. A informação é baseada em tabela com a
série histórica do indicador, fornecida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em
divulgações anteriores do índice.

Pela mesma tabela é possível observar
que o Índice de Preços por Atacado (IPA), que teve queda de 0,77% em maio,
atingiu esse mês o menor resultado nesse tipo de indicador desde junho de 2003,
quando o IPA teve queda 1,67%. Porém, mais uma vez, a inflação no varejo assumiu
trajetória diversa dos resultados dos IGPs e IPAs, calculados pela FGV.

O
Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de maio, que teve alta de 1,02%, teve o
maior resultado nesse tipo de indicador desde abril de 2003, quando o IPC
registrou variação positiva de 1,28%. Já o Índice Nacional do Custo da
Construção (INCC) de maio, que teve alta de 0,54%, foi o maior desde março desse
ano, quando o INCC teve alta de 0,71%.