A inflação medida pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) fechou o mês de agosto com variação de 1,22%, resultado que significa uma queda de 0,09 ponto percentual em relação aos 1,31% da variação da taxa em julho. Segundo dados disponibilizados no site da Fundação Getúlio Vargas na Internet, a retração entre julho e agosto reflete a variação dos preços no atacado e na construção civil.

Os preços do IPA (Índice de Preços no Atacado), com peso de 60% na composição do IGP-M, caíram 0,16 ponto percentual no recuo de 1,58% para 1,42%, entre julho e agosto. Já o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC), embora com menor peso na formação final do IGP-M (apenas 10%), recuou 0,22 ponto percentual, caindo de 1,12% para 0,90%.

O único segmento a apresentar alta entre julho e agosto foi o que mede os preços no varejo. Com peso de 30% na composição do IGP-M, o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) subiu 0,13 ponto percentual, de 0,67% para 0,80%.