Mais de 43 milhões de brasileiros (24,6% da população) tinham planos de Saúde em
2003, a maior parte (34,2 milhões) privados, individuais ou coletivos. Os 9
milhões restantes estavam cobertos por planos de assistência ao servidor público
(municipal, estadual ou militar). Os dados são do Suplemento de Saúde da
Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios ? PNAD 2003, divulgado nesta
quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
(IBGE).

Entre a população urbana, 28,0% estavam cobertos por planos de
saúde, contra apenas 6,0% da população rural. A proporção de mulheres com esse
tipo de assistência (25,9%) era maior que a de homens (23,1%). Por faixas
etárias, a proporção subia dos 19,8% na faixa de zero a 18 anos, até 29,8% na
faixa dos 65 anos ou mais. Entre os que avaliaram o seu próprio estado de saúde
como muito bom e bom, 26,2% tinham plano de saúde, caindo até 14,1% entre
aqueles que disseram que seu estado de saúde era ruim ou muito ruim.