Um escriturário de 42 anos foi espancado até a morte na fila do Instituto Nacional de Seguridade Social de Campinas, no centro da cidade, na madrugada desta quarta-feira. A polícia suspeita que o crime tenha sido motivado por um desentendimento por causa do lugar na fila. Segundo as primeiras informações da polícia, a vítima estava esperando na fila para entrar com um pedido de aposentadoria por invalidez. Depois de ser agredida, a vítima ainda chegou a ser levada para o Hospital Beneficência Portuguesa, mas não resistiu e morreu. Ninguém foi preso. (EPTV)