A morte de cinco pessoas no Azerbaijão por causa da gripe aviária elevou o número de vítimas fatais da variedade H5N1 da doença para 103 no mundo, informou nesta terça-feira (21) a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A organização declarou que os exames feitos em um laboratório no Reino Unido em amostras de 11 pacientes do Azerbaijão deram positivos para a variedade H5N1 da gripe aviária. As cinco vítimas fatais estavam neste grupo.