Foto por: Monirul Bhuiyan

Pelo menos mil torcedores que foram nesta segunda-feira ao jogo Holanda x Dinamarca, no Soccer City, sofreram com a greve de motoristas de ônibus, informou a empresa que administra o transporte público de Johannesburgo.

Os organizadores do Mundial incentivam os torcedores a usar o novo Bus Rapid Transit (BRT), sistema conhecido como Rea Vaya e que une o centro de Johannesburgo ao Soccer City.

A Clidet, a empresa que opera os ônibus, alega que a greve é ilegal. “A direção tenta uma medida contra essa ação e suas consequencias no serviço”, explica.

A companhia afirmou que os torcedores vítimas da paralisação ganharam uma passagem para usar em outros meios.

O transporte público em Johannesburgo apresentou sérios problemas na abertura, quando houve grandes engarrafamentos e os ônibus não conseguiram atender à demanda.