O presidente do Federal Reserve (banco central americano), Alan Greenspan, afirmou que o Fed vai ser paciente e manter os juros no patamar mais baixo da história do país em 45 anos.

A intenção é assegurar que a economia continue se recuperando. Mas Greenspan também advertiu que juros tão baixos não serão compatíveis indefinidamente com a mais importante função do Fed, que é lutar contra a inflação.

Ele citou os ganhos ?expressivos? da economia dos EUA, mas advertiu para a ameaça do déficit orçamentário. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)