Os mais de oito mil pneus dispensados mensalmente em Curitiba e Região Metropolitana estão sem destino, devido a uma notificação do Ibama feita há cerca de dois meses. No documento, o Instituto pede o cumprimento da resolução 258 do Conselho Nacional do Meio-Ambiente (Conama) de 1999, que impede o envio de pneus para aterros sanitários. Na semana retrasada, a prefeitura parou de receber os pneus. O Sindicato das Indústrias de Artefatos de Borracha do Estado do Paraná (Sindibor-PR), que representa as recapadoras de pneus, estuda agora uma alternativa de estocagem. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)