O governo do Estado liberou R$ 4,66 milhões para a construção de um Centro de Reabilitação em Curitiba. A obra será realizada em duas etapas, em convênio entre a Secretaria da Saúde (Sesa) e a Associação Paranaense de Reabilitação (APR), com a participação da Secretaria de Obras do Estado (SEOP).

O Centro de Reabilitação será o primeiro do país a dar tratamento completo ao portador de deficiência. Hoje são gastos no Paraná cerca de R$ 75 mil mensais apenas com encaminhamento de deficientes para o Hospital Sara Kubitschek, em Brasília. Segundo o secretário da Saúde, Cláudio Xavier, “a construção do centro não só economizará dinheiro dos cofres públicos, mas tornará o Paraná referência nacional nesse tipo de tratamento, suprimindo uma demanda grande de atendimento ao deficiente em todo o Estado”.

A área destinada para a implantação da obra, indicada pela APR (Associação Paranaense de Reabilitação), fica junto às instalações atuais da instituição, na Avenida Paraná. A APR também se responsabilizará pela demarcação da área, pelo fornecimento de levantamento planialtimétrico atualizado e pela regulamentação da documentação do terreno para a aprovação do projeto junto ao município.

A próxima etapa para a concretização do convênio é o desenvolvimento do projeto arquitetônico e a elaboração dos projetos complementares e serviços preliminares de engenharia. Eles serão contratados por licitação, em valores estimados pela Secretaria de Obras. O valor total da obra foi estimado em R$ 8.029.600,00, tomando como base o custo do metro quadrado de edificação semelhante à do convênio. Na primeira fase serão investidos R$ 4,66 milhões e na segunda, R$ 3.363.600,00.