Rio – O governo federal pretende investir cerca de R$ 600 milhões em projetos de inclusão digital nas escolas públicas brasileiras em 2007. A informação é do Secretário Geral do Núcleo de Assuntos Estratégicos (NAE) da Presidência da República, coronel Oswaldo Oliva Neto, que participou em Mangaratiba (RJ) de um encontro sobre telecomunicações e inclusão digital.

Os recursos para os projetos são do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (FUST) e vão permitir a instalação de serviços de internet banda larga em 190 mil escolas públicas.

O projeto prevê a participação do Ministério das Comunicações, como responsável pela política pública para inclusão digital; do Ministério da Educação (MEC), que escolherá as escolas a serem beneficiadas; e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), encarregada das licitações.

O 50º Painel TELEBRASIL 2006 terminou hoje (4) em Mangaratiba e reuniu, desde a última sexta-feira (2), participantes do setor público e privado para debater telecomunicações e inclusão digital nas áreas de educação, saúde, segurança e previdência social.