O porta-voz da Presidência da República, André Singer, anunciou, há pouco, os nomes dos escolhidos pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para substituir os ministros que deixam o governo para concorrer às eleições de outubro. Singer informou que cinco ministros vão ocupar os cargos definitivamente e quatro, interinamente.

Segundo o porta-voz, Lula recebeu ontem (30) o pedido de exoneração dos ministros Agnelo Queiroz (Esporte); Alfredo Nascimento (Transportes); Ciro Gomes (Integração Nacional); Jaques Wagner (Relações Institucionais); José Alencar (Defesa); José Fritsch (Aqüicultura e Pesca); Miguel Rossetto (Desenvolvimento Agrário); Saraiva Felipe (Saúde) e Waldir Pires (Controladoria Geral da União).

De acordo com o porta-voz, os ministros escolhidos são para ficar até o fim do governo são Orlando Silva Junior, que ocupará a pasta do Esporte; Paulo Sérgio de Oliveira Passos, dos Transportes; Tarso Genro, das Relações Institucionais; e Waldir Pires, da Defesa.

Os ministros escolhidos para ocupar pastas interinamente são Altemir Gregolin (Aqüicultura e Pesca); Guilherme Cassel (Desenvolvimento Agrário); José Agenor Álvares da Silva (Saúde) e Jorge Hage (Controladoria Geral da União).

A nomeação dos novos ministros será publicada, ainda hoje (31), em edição especial do Diário Oficial da União.