Foto por: Pierre-Philippe Marcou

O volante Gilberto Silva, que ao lado do capitão Lúcio é um dos remanescentes do título mundial de 2002, foi mais um jogador a destacar a ansiedade de uma partida de estreia de Copa, após a vitória apertada do Brasil por 2-1 sobre a modesta Coreia do Norte.

¨Estreia todos nós sabemos que é sempre muito difícil. A ansiedade era muito grande de todo o grupo¨, disse o camisa 8 da seleção de Dunga.

¨Passou o peso da estreia e agora é pensar na Costa do Marfim. A gente espera que seja um jogo diferente, que eles saiam um pouco mais para o jogo. Mas independente disso, nós temos que ter consciência do que temos que fazer para vencer as partidas¨, completou em referência ao segundo adversário do Brasil na Copa, no próximo domingo.

Apesar da atuação abaixo do esperado na estreia, Gilberto Silva destacou a paciência da seleção para chegar à vitória.

¨Não ia adiantar nada a gente se desesperar, começar a alçar bola para frente. Mas a equipe teve tranquilidade e mostramos desde o princípio do segundo tempo que a gente queria vencer¨, concluiu.