Antony Garotinho voltou a afirmar que irá disputar o segundo turno das eleições com Lula. Essa garantia, diz ter no seu crescimento nas pesquisas eleitorais. O candidato à Presidente da República esteve hoje em Curitiba para assinar um termo de compromisso com Pastoral da Criança, se comprometendo a executar propostas sugeridas pela instituição.
Garotinho disse que não considera os resultados das pesquisas Ibope e Vox Popoli, que trazem o candidato em quatro lugar. ?Só considero o Data Folha, já que os outros institutos estão atrelados a bancos e partidos políticos?, disse. Garotinho afirmou que na Data Folha apresentou um crescimento de 40% nas pesquisas, enquanto os outros candidatos só apresentaram queda, e o mesmo crescimento deverá ser repetido na pesquisa que o instituto divulgará no domingo.
O presidenciável não admitiu que está usando a agressão a outros candidatos como estratégia de campanha. ?Eu não ataquei ninguém nos programas nem nos debates, apenas fiz perguntas aos candidatos, como a que fiz a Lula querendo saber aonde ele trabalhou nos últimos 12 anos?, disse. Para Garotinho, Lula não é candidato de oposição autêntico, pois se aliou com o ex-presidente José Sarney nas eleições. O candidato lamentou que Lula e Serra não aceitaram participar do debate que estava programado pelo SBT, pois acredita que eles são uma oportunidade para os candidatos apresentarem suas propostas. 
Pastoral
O documento de compromisso apresentado pela Pastoral da Criança contém ao todo 25 propostas nas áreas de saúde, educação, meio ambiente, segurança alimentar e assistência social. O mesmo documento já foi assinado pelos presidenciáveis José Serra e Luiz Inácio Lula da Silva. Depois da solenidade na Pastoral, Garotinho fez uma caminhada pelo calçadão da Rua XV de Novembro, no centro de Curitiba. O candidato iria ainda ontem para Cascavel, Londrina, Telêmaco Borba e Maringá.