A adolescente Priscila Aprígio, de 13 anos, segue se recuperando bem no quarto do Hospital Alvorada, em Moema, zona sul de São Paulo, de acordo com boletim médico divulgado às 11 horas. A garota, que ficou paraplégica após ser alvejada numa tentativa de assalto a uma agência do Itaú, em 28 de fevereiro, retornou ao hospital com uma infecção três dias depois de receber alta.

Operada na sexta-feira para limpeza do percurso da bala, agora é tratada com antibióticos, no segundo dia de pós-operatório. Está "consciente, orientada e alimentando-se bem", segundo boletim assinado pelo diretor Clínico do Alvorada, Dr. Guilherme Monteiro.